Falso médico que atendia pacientes com Covid-19 é preso no Rio de Janeiro

Homem chegou a receber a vacina contra o vírus após mentir ser profissional de saúde

Um falso médico foi preso em flagrante, nesta terça-feira, 18, que atendia na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Realengo, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Segundo os investigadores, o homem atuava na sala amarela, na ala destinada a pacientes com Covid-19 da unidade, quando foi abordado pelos agentes da 12ª DP (Copacabana).

O falso médico foi identificado como sendo Itamberg Oliveira Saldanha, de 31 anos. Ele chegou a receber a vacina contra o vírus após mentir ser profissional de saúde. Segundo a investigação da delegacia, Itamberg usava desde janeiro o carimbo com os dados do médico Álvaro Pereira de Carvalho. Nesse intervalo, o falso médico teria atendido cerca de 3 mil pacientes e recebido salários da ordem somada de cerca de R$ 100 mil. Na unidade da Zona Oeste, ele chegava a atender 70 pacientes por dia e chegou a assinar um atestado de óbito.

Aos policiais, Itamberg confidenciou que cursou até o sexto ano de medicina na universidade Gama Filho, mas precisou interromper o curso por falta de recursos para bancar a mensalidade. Pelos crimes, o falso médico deve responder pelos crimes de tentativa de estelionato, falsidade ideológica e exercício ilegal da profissão médica. (Com informações de O Dia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.