Fake News: Secretaria de saúde desmente fechamento de UTI em Goiás

Goiás possui leitos destinados exclusivamente ao tratamento da Covid-19 em Porangatu, Formosa, Luziânia, Jataí, São Luis de Montes Belos, Itumbiara e Goiânia

O secretário Estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, desmentiu  a informação disseminada na internet nesta última semana de que Goiás teria fechado leitos de UTI para tratamento de Covid-19. “Fake news de quem não quer contribuir com o momento”, criticou.

Segundo o secretário, o Governo de Goiás vem mantendo todos os leitos abertos no ano passado para o enfrentamento da pandemia, além da ampliação da capacidade de internação dos doentes pela Covid na rede pública estadual.

“Desde o início da pandemia, nós mais do que triplicamos os leitos de UTI. Já superamos agora na segunda onda o número de leitos que abrimos na primeira onda. Começamos com cerca de 300 leitos na primeira onda e hoje estamos com 427. Todo leito aberto em todo hospital de campanha de Goiás instalado na primeira onda, nós não fechamos nenhum desses leitos e nenhum desses hospitais”, afirmou Ismael Alexandrino.

Goiás possui leitos destinados exclusivamente ao tratamento da Covid-19 em Porangatu, Formosa, Luziânia, Jataí, São Luis de Montes Belos, Itumbiara e Goiânia.

Uruaçu

Previsto para ser entregue na próxima semana, o Hospital de enfrentamento à Covid-19 do Centro-Norte Goiano (HCN), em Uruaçu. Com 68 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 118 enfermarias, o hospital será inicialmente voltado exclusivamente ao tratamento da Covid-19 e depois se consolidará como hospital estadual regional. Com isso, o Estado passará a contar com mais de 700 unidades de UTI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.