Circula nas redes sociais que ex-presidente gastou R$ 97.184,24 em seu vinho favorito, o 1795 Madeira Terrantez, de Portugal

Circula nas redes sociais uma publicação que insinua que a presidente Dilma Rousseff teria gasto dinheiro público na compra do seu “vinho preferido”, o 1795 Madeira Terrantez, de Portugal, que teria custado R$ 97.184,24.

A postagem, que traz o logotipo da “Aliança Direita Pará”, uma página bolsonarista no Facebook, compara o preço da garrafa do vinho com o de uma lata de leite condensado, que causou polêmica na última semana.

No entanto, não há nenhum registro de que o vinho favorito de Dilma Rousseff seja o 1795 Madeira Terrantez ou de que ela tenha gasto dinheiro público comprando a bebida.

Também é distorcida a informação de que as compras amplamente divulgadas na semana passada sejam apenas de Bolsonaro, já que os produtos são distribuídos por diversas áreas do governo. 

(Com informações do Estadão)