Faculdade Senac promove Semana da Responsabilidade Social com foco no voluntariado 

Objetivo do evento é estimular a reflexão sobre aspectos ligados à cidadania, voluntariado e empreendedorismo

Foto: Reprodução

Teve início, na última segunda-feira, 23, a Semana de Responsabilidade Social da Faculdade Senac Goiás.  A programação seguirá até o próximo sábado, 28, e contará com palestras, bate-papos, apresentações culturais e uma feira da Associação dos Artesões do Estado de Goiás. O evento é aberto ao público e todas as atividades são gratuitas.

O segundo dia da Semana de Responsabilidade Social contou com a apresentação de 10 bailarinos de Street Dancing do Basileu França. Também houve com uma apresentação de piano e duas palestras sobre responsabilidade social. Segundo a vice-diretora da Faculdade Senac, Sofia Rocha Lima, o objetivo do evento é estimular a reflexão sobre aspectos ligados à cidadania, voluntariado e empreendedorismo.

“Em vários países o voluntariado já é disciplina das faculdades e instituições de ensino. Os alunos exercem as ações em hospitais, creches e eventos esportivos, contando como atividade extracurricular para sua formação. Então estamos trazendo essa proposta para os nossos alunos e queremos desenvolver essa prática entre eles”, explicou.

A Semana de Responsabilidade Social da Faculdade Senac promove ainda uma campanha de arrecadação itens de limpeza e higiene pessoal. Todo material arrecadado será destinado à Casa Silvestre Linhares, localizada em Aparecida de Goiânia.

Os alunos e professores também estão participando do projeto Tampa Mania que recolhe tampas de plástico que serão vendidas às empresas de reciclagem. O dinheiro arrecadado, segundo a organização, será destinado para compra de cadeiras de rodas que serão doadas para instituições ou pessoas necessitadas. O projeto é do Rotary Clube e todas as unidades do Sesc e Senac funcionam como pontos de coleta.

De acordo com a coordenadora pedagógica da Faculdade Senac, Jussara de Barros, a instituição de ensino deve oferecer aos alunos a oportunidade de contribuir com melhoria da qualidade de vida de uma comunidade. “Seja através de campanhas de arrecadações e doações ou da valorização das artes e da cultura. Não podemos trabalhar apenas no âmbito do pensamento com ideologias e teorias sociais, queremos resultados diante do respeito às diversidades, do direito à sociedade igualitária e da redução da opressão dos direitos do outro”, afirmou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.