Expulso do BBB por agressão, Marcos diz que recebe muito carinho de mulheres

Afirmando ser frequentemente elogiado por elas, ex-participante garantiu ainda que procura pelos seus serviços como cirurgião também aumentou

O ex-Big Brother Brasil (BBB) Marcos Härter, expulso depois de ser acusado de agredir contra a então namorada Emilly, também participante do programa, disse que a procura pelos seus serviços como cirurgião aumentou consideravelmente depois da sua passagem pela casa. Em entrevista ao Extra, ele disse que “sua agenda já era cheia, principalmente em função das cirurgias de nariz”, mas que agora tem mais pacientes.

Mesmo tendo sido expulso por um caso de violência doméstica, Marcos disse que as mulheres não o rejeitam pelo que ele fez. “Recebo muitas mensagens de carinho e elogios nas ruas e nas redes sociais”, afirmou ele. Questionado sobre se ele quer encontrar a ex-namorada, Marcos disse que não.

Ao longo de sua participação no BBB, o cirurgião plástico demonstrou comportamento agressivo dentro do programa, tendo sido gravado várias vezes ameaçando e apontando o dedo rente ao rosto de Emilly. Depois da divulgação das imagens, a Polícia Civil (PC) do Rio de Janeiro interviu e abriu inquérito contra ele.

Marcos já foi indiciado formalmente e, em abril, denunciado pelo Ministério Público por lesão corporal. A repercussão do caso também foi decisiva para que a Globo resolvesse expulsá-lo, mesmo havendo regra no programa que proíbe agressões físicas entre participantes.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.