Exposição de fotógrafo francês sobre cultura negra chega a Goiânia

O interesse do fotógrafo pelo povo o levou a destinos como Cuba, Haiti, Serra Leoa e Estados Unidos, tendo realizado longas expedições de 1932 a 1970

“Nos Caminhos Afro”. É este o nome da exposição do fotógrafo francês radicado na Bahia Pierre Verger, que chega a Goiânia na próxima quinta-feira (4/9), no Museu de Arte Contemporânea, no Centro Cultural Oscar Niemeyer. O lançamento será às 19h, sendo que a abertura oficial para visitação será na sexta-feira (5), a partir das 10h. A exposição fica no local até o dia 30 de novembro e o acesso é gratuito.

Com trabalho sobre cultura negra, as fotografias de Pierre que compõem a exposição revelam a proximidade de povos de origem afrodescendente com o continente africano. São registros do cotidiano, a cultura e a religiosidade de descendentes de africanos no Brasil e em mais de 20 países. O interesse do fotógrafo pelo povo o levou a destinos como Cuba, Haiti, Serra Leoa e Estados Unidos, tendo realizado longas expedições de 1932 a 1970.

Além das fotografias, os visitantes poderão assistir dois vídeos, “Olhares Nômades”, de 2005, e “Mensageiro entre dois mundos”, de 1999. A exposição em Goiânia faz parte de um projeto que já passou por três cidades brasileiras, tendo sido visto por mais de oito mil pessoas em Campina Grande (PB), Teresina (PI) e Campo Grande (MS).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.