Exposição celebra o mês das mulheres com história de ícones do feminismo

Com o lema “Por trás de uma grande mulher tem sempre uma grande mulher”, campanha realizada pela Unimed Goiânia é um reconhecimento à luta feminista

mostra traz réplicas de objetos simbólicos da luta de grandes mulheres por direitos como o livro de Simone de Beauvoir, o biquíni de Leila Diniz e o equipamento de aviação de Amelia Earhart | Fotos: divulgação

Mostra traz réplicas de objetos simbólicos da luta pelo direito das mulheres direitos como o livro de Simone de Beauvoir, o biquíni de Leila Diniz e o equipamento de aviação de Amelia Earhart | Fotos: divulgação

Está aberta para visitação no Goiânia Shopping, no setor Bueno, a exposição Armas da Revolução Feminina, organizada pela Unimed Goiânia, como parte de uma campanha em homenagem ao mês das mulheres. A mostra trás símbolos de ícones da história da revolução feminista e tem como lema “Por trás de toda mulher, tem sempre uma grande mulher”.

Os anúncios da campanha, por si só, são um trocadilho com frases típicas do machismo, que expõem o preconceito que as mulheres sofrem todos os dias ao mesmo tempo em que revelam a história de mulheres corajosas que não se conformaram com os limites de sua época, como a da aviadora americana Amelia Earhart, a primeira mulher a cruzar sozinha o Atlântico, pilotando um avião; e a da cientista polonesa Marie Curie, a primeira e única mulher a conquistar o Prêmio Nobel de Física e Química duas vezes.

Recebem destaque também outros momentos importantes de liberação como a luta pelo voto feminino, a pílula anticoncepcional, a minissaia e a Marcha das Vadias, que surgiu contra a responsabilização da mulher pelo estupro.

A mostra traz réplicas de objetos simbólicos da luta de grandes mulheres por direitos como o livro de Simone de Beauvoir, o biquíni de Leila Diniz e o equipamento de aviação de Amelia Earhart.

Para o diretor de Mercado da Unimed Goiânia, Dr. Sérgio Baiocchi Carneiro, “o lema “Por trás de toda mulher, tem sempre uma grande mulher” resume bem o reconhecimento, devido à coragem das que lutaram e transformaram o mundo, garantindo conquistas que hoje pertencem a todas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.