Ex-secretário do PSB que assediou russa em vídeo já foi condenado duas vezes

Diego Valença Jatobá respondeu por mau uso do dinheiro público e por dever pensão alimentícia à ex-mulher

Identificado em um vídeo polêmico que corre as redes sociais desde o final de semana, o ex-secretário municipal de Turismo de Ipojuca (PE), município onde está localizada a praia de Porto de Galinhas, Diego Valença Jatobá já foi condenado duas vezes pela Justiça. As informações são do jornal “O Globo”.

Uma das condenações diz respeito ao mau uso do dinheiro público, enquanto esteve à frente da pasta em 2012. Ele teria infringido o artigo 89 da Lei de Licitações, que fala sobre a dispensa de licitação de contratos fora das hipóteses previstas na lei. Ao todo, segundo ação do Tribunal de Contas local, foram gastos mais de R$ 2 milhões em 12 processos sem licitação.

Além disso, Diego também foi condenado por dever, segundo a Justiça, R$ 37.561,83 de pensão alimentícia à ex-mulher, cujo processo foi iniciado em 2014.

O ex-secretário virou alvo de polêmica após ser identificado em vídeo em que aparece junto a outros torcederos brasileiros em volta de uma jovem russa, entoando palavras de baixo calão. O ato foi apontado nas redes sociais como uma demonstração de machismo e os torcedores foram acusados de assédio e até mesmo de racismo.

O Jornal Opção apurou que o político não vai se pronunciar sobre o assunto, ao menos por enquanto. Ele segue na Rússia acompanhando os jogos da seleção.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.