Ex-secretário diz que Paulo Garcia não foi contratado pelo Hospital das Clínicas

Edmilson Santos também negou que o ex-prefeito esteja recebendo salário de R$ 30 mil da Universidade Federal de Goiás (UFG)

O ex-secretário municipal de Comunicação da gestão Paulo Garcia (PT), Edmilson Santos, contestou, nesta segunda-feira (26/6), a denúncia de professores da Universidade Federal de Goiás (UFG) de que o ex-prefeito estaria recebendo R$ 30 mil da universidade.

Segundo ele, Paulo é professor concursado há muito tempo e seu salário não chega perto do valor alegado pelos docentes.

“Paulo é professor concursado da Faculdade de Medicina da UFG desde muito antes de entrar para política”, disse ele. Atualmente, acrescenta Edmilson, ele recebe salário de R$ 2,5 mil porque, como ficou afastado do cargo para exercer atividades políticas, não teve progressão.

Edmilson contestou também a informação de que ele teria sido contratado pela Fundação do Hospital das Clínicas (HC), dizendo que Paulo não tem ligação nenhuma com ela.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.