Ex-presidente haitiano Jean-Claude Duvalier morre vítima de crise cardíaca

O ex-presidente do Haiti Jean-Claude Duvalier morreu na manhã de hoje (4), aos 63 anos, em Porto Príncipe, de acordo com informação da ministra da Saúde, Florence Guillaume Duperval. Ela explicou que Duvalier sofreu um ataque cardíaco.

O ex-presidente do Haiti era filho do ditador François Duvalier, de quem herdou o poder e assumiu o país aos 19 anos. Ele ficou conhecido como “Baby Doc”, e presidiu o país caribenho entre 1971 e 1986.

Afastado do poder por uma revolta popular, Duvalier regressou, de surpresa, em janeiro de 2011 ao Haiti, após 25 anos de exílio na França.

Dias depois de seu regresso, foi acusado pela Justiça haitiana de vários crimes, incluindo corrupção, apropriação de dinheiro público, associação criminosa, detenções ilegais e atos de tortura contra seus opositores, mas nenhum julgamento foi efetivado.

Jean-Claude Duvalier só compareceu à Justiça haitiana em fevereiro de 2013, quando se apresentou ao Tribunal de Recurso de Porto Príncipe.

Em fevereiro deste ano, a Justiça do Haiti ordenou novo inquérito sobre crimes “imprescritíveis” contra a humanidade, atribuídos ao antigo chefe de Estado haitiano.

Deixe um comentário