Ex-presidente do BC, Carlos Langoni, morre de Covid-19 aos 76 anos

Ele presidiu a instituição entre os anos de 1980 e 1983 e estava internado no Rio de Janeiro desde dezembro

Carlos Langoni, ex-presidente do Banco Central: mais uma vítima da Covid-19 | Foto: Reprodução

O ex-presidente do Banco Central entre os anos de 1980 e 1983, Carlos Langoni, faleceu aos 76 anos, vítima da Covid-19 neste domingo, 13. O economista estava internado desde dezembro na UTI do hospital Copa Star, no Rio de Janeiro.

Atualmente, Carlos Langoni ocupava o cargo de diretor do Centro de Economia Mundial da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e presidia a Projeta Langoni Consultoria Econômica S/S, consultoria estratégica e análise macroeconômica para cerca de 40 das principais empresas brasileiras.

Carlos Langoni era Ph.D em Economia pela Universidade de Chicago, e muito próximo do ministro da Economia, Paulo Guedes. Também foi chefe-executivo do grupo NM Rothschild no Brasil entre 1989 e 1997. Na área do esporte, fez parte da primeira gestão de Eduardo Bandeira de Mello, em 2013, como vice-presidente de reestruturação da dívida do Flamengo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.