Ex-prefeito e vice de Três Ranchos são acionados por improbidade administrativa

Promotora apontou irregularidades nas contribuições previdenciárias, eles receberam salários maiores que os registrados no Tribunal de Contas do Município (TCM)

O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) propôs ação civil pública por improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Três Ranchos, Rolvander Pereira Wanderley (PSDB) e o ex-vice-prefeito Haroldo Calaça Coelho, o Haroldinho (PSDB). Segundo a promotora Ariete Cristina Vale, foram constatadas irregularidades nas contas do Executivo em 2013.

As investigações apontaram irregularidades no pagamento de contribuições previdenciárias do Regime Próprio de Previdência Social, e salários acima dos registrados no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Eles receberam R$ 14.850. Além disso, eles receberam 13º salário, o que não é um direito assegurado a agentes políticos.

A ação requere a condenação dos dois por improbidade e também o ressarcimento dos danos causados ao município de Três Ranchos no pagamento do 13º – Rolvander recebeu R$ 11 mil e Haroldo, R$ 3.850. Eles podem ter seus direitos políticos suspensos, além de poderem dicar proibidos de contratar com o poder público.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.