Ex-prefeito de Guapó terá de prestar esclarecimentos ao MP sobre declarações dadas em entrevista

Luiz Juvêncio teria relatado diversas infrações a princípios administrativos durante sua gestão

Foto: Reprodução

O Ministério Público de Goiás notificou o ex-prefeito de Guapó, Luiz Juvêncio de Oliveira, para que ele forneça esclarecimentos individualizados de diversas declarações dadas por ele em entrevista a uma emissora de rádio sobre fatos que podem configurar infração a princípios administrativos, inclusive crimes, supostamente praticados pelo gestor.

O promotor de Justiça Wesley Branquinho requereu informações sobre as narrativas do ex-prefeito quanto ao pagamento de professores abaixo do piso salarial nacional, de alunos fora das salas de aula, e se houve aplicação temerária de valores do Fundo Previdenciário Municipal causando prejuízos superiores a R$ 1 milhão.

Luiz Juvêncio também deverá dar explicações sobre as afirmações de que um secretário está preso por sentença condenatória e, mesmo assim, recebe remuneração; de fraude em licitações, e de compra de votos por R$ 500,00 em cada casa visitada. Na notificação, o promotor fixou o prazo de dez dias para os esclarecimentos e a apresentação de provas sobre os pontos relacionados.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.