Ex-prefeito de Anápolis, João Gomes assume secretaria no governo Marconi

Ele toma posse na próxima terça-feira (23/5) e comandará pasta que trata de assuntos habitacionais do estado

O ex-prefeito de Anápolis, João Gomes, ex-filiado ao PT, vai fazer parte do governo Marconi Perillo (PSDB). Ele toma posse como secretário extraordinário para Assuntos Habitacionais na próxima terça-feira (23/5), às 7h30, no Auditório Mauro Borges, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira.

Em abril, a Assembleia Legislativa aprovou a criação de duas secretarias extraordinárias mas, até então, apenas uma estava preenchida – o deputado estadual Talles Barreto (PSDB) assumiu, em abril, o cargo de secretário extraordinário de Fiscalização do Programa Goiás na Frente.

A criação de uma secretaria específica para a habitação foi alvo de intensa especulação, já que hoje a área é coberta pela Agência Goiana de Habitação (Agehab). O nome mais cotado para assumi-lo era o deputado estadual Lissauer Vieira (PSB), que faz parte do grupo político da senadora Lúcia Vânia (PSB) e o deputado federal Marcos Abrão (PPS), que comanda a Agehab. Também se especulou que o colega de casa de Lissauer, Dr. Antonio (PR), pudesse assumir a pasta, que seria voltada para a saúde.

João Gomes ficou no PT entre 2008 e 2017,  quando foi eleito duas vezes vice-prefeito na chapa de Antônio Gomide (PT), nas eleições de 2008 e 2012. Ele assumiu a Prefeitura de Anápolis em 2014, quando Gomide deixou o cargo para disputar o governo do Estado. No ano passado, Gomes perdeu a reeleição para Roberto Naves e, a aliados políticos, teria atribuído sua derrota nas urnas ao desgaste do partido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.