Ex-jogador Cafu é investigado por suposta ligação com PCC

Suspeitas se acenderam em razão de registro de depósitos da organização criminosa para Cafu. Policia trabalha com hipótese de venda de imóvel do pentacampeão

Foto: reprodução

O ex-jogador pela seleção brasileira e capitão do penta em 2002, Cafu está sendo investigado pela Polícia Civil de São Paulo por suposta ligação com a facção criminosa PCC. Altos apontam registros do ex-jogador encontrados no celular de Décio Português, contador da facção.

Os registros seriam, conforme publicado pela revista Veja, depósitos em dinheiro feitos pelo Primeiro Comando da Capital (PCC) à Marcos Evangelista de Morais, nome de registro de Cafu. O documento não cita o valor de repasses, mas a polícia suspeita que a organização teria comprado um terreno do ex-jogador, na cidade de Barueri, em São Paulo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.