Ex-goleiro Bruno gera polêmica após postar foto em canil

Internautas relacionaram imagem com assassinato de Eliza Samúdio, que, segundo testemunhas, teve corpo esquartejado e dado aos cachorros

Foto: Reprodução | Instagram de Bruno Fernandes.

Após publicar uma foto em um canil, o ex-goleiro Bruno repercutiu na internet nesta quarta-feira, 24. Em sua publicação, Bruno Fernandes de Souza fazia um agradecimento e uma propaganda para um canil. Os internautas relacionaram a imagem com o assassinato de Eliza Samúdio, ocorrido em 2010, pelo qual Bruno foi condenado. Testemunhas afirmaram que o corpo da mulher foi esquartejado e dado aos cachorros.

“Ontem tive o grande prazer de conhecer um canil incrível da raça do meu filho Booba. American Bully.. Queria agradecer a @friendsbullkennel pela receptividade e parabenizar pelos lindos animais que vocês tem lá!! Essas da Foto são Estrela e Cristal, e também levei meu Boobinha pra conhecer novos amigos e brincar bastante!! Encontro muito produtivo!!” disse ex-goleiro na legenda da foto.

As reações na internet foram negativas. “O ex goleiro Bruno, que matou Eliza Samudio, e deu os restos para cachorros comerem virando garoto propaganda de um canil” criticou uma internauta.

Após a repercussão, Bruno se defendeu pelo Instagram. “Não faço propaganda do canil, mas também não veria problema algum em fazer! Amo animais! Aos sensacionalistas de plantão, tomem nota aí que estão sem notícias e precisam de algo novo para divulgar, tenho um casal de shitszus, um americam bully e uma calopsita”, disse.

“Só para esclarecimento: um dos cachorros é meu e eu fui ao canil de amigos para fazer uma visita e aproveitei para levá-lo! Quem quiser acreditar em imprensa ou em blog de fofoca, fiquem à vontade! Desnecessário é eu deixar de postar o que quero por conta de ilusionismo de terceiros”, completou Bruno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.