Ex-assessor de Temer, Rocha Loures vira réu por ter recebido mala com R$ 500 mil

Em abril, o ex-deputado foi filmado após ter recebido uma mala do executivo Ricardo Saud, da JBS

Rocha Loures (em pé) com Ricardo Saud, da JBS: a mala com 500 mil reais saiu desse encontro | Foto: Reprodução

O ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) se tornou réu no processo relacionado à mala com R$ 500 mil recebida em um restaurante em São Paulo, em abril deste ano, de Ricardo Saud, executivo da JBS. A informação é do jornal O Estado de São Paulo.

A denúncia pelo crime de corrupção passiva foi oferecida pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e recebida pela Justiça Federal no Distrito Federal nesta segunda-feira (11/12).

A decisão é do juiz Jaime Travassos Sarinho, da 10ª Vara Federal, responsável pelo processo na primeira instância. A denúncia apresentada ao Supremo Tribunal Federal (STF) cita o presidente Michel Temer, já que Loures era o operador do presidente para assuntos do grupo J&F. 

A suspeita da PGR na denúncia é de que Temer seria o destinatário final do dinheiro. O presidente nega.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.