Evento discute responsabilidade de médicos no resultado final de cirurgias plásticas

Medicina e Justiça têm entendimentos diferentes quando paciente não fica satisfeito com resultado da cirurgia

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional Goiás (SBCP-GO) promove neste sábado (19/5) o evento “Imersão Jurídica em Cirurgia Plástica” para discutir se o cirurgião plástico tem a obrigação de garantir o resultado de suas operações.

A medicina e o Poder Judiciário têm entendimentos diferentes sobre o assunto. Para os médicos, a cirurgia plástica é uma atividade meio, pois mesmo com o cirurgião aplicando todos os conhecimentos técnicos necessários e seguindo todas as boas práticas para a realização da operação, o resultado depende de outros fatores, como a colaboração do paciente e a reação natural de cada organismo.

Já alguns juízes, ao julgar ações de pacientes insatisfeitos com cirurgias plásticas, têm considerado que o cirurgião tem, sim, a obrigação de assegurar o resultado do procedimento.

O fórum vai reunir cirurgiões plásticos, representantes da classe médica, advogados, juízes, desembargadores e promotores de Goiás e de outros Estados.

Dentre os convidados para debater e aprofundar a discussão do papel de cirurgia plástica estão o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Níveo Steffen; os juízes goianos Marcus da Costa Ferreira e Wilson Safatle Faiad; o promotor do Ministério Público do Estado de Goiás, Carlos Vinicius Alves Ribeiro; o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás, Leonardo Mariano Reis, e o desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná, Miguel Kfouri Neto.

A programação incluiu o debate de temas, como a aplicação do Código de Defesa do Consumidor na relação médico\paciente, a Responsabilidade Civil do cirurgião plástico e a visão dos conselheiros do Conselho Federal de Medicina e dos Conselhos Regionais de Medicina sobre processos éticos na área da cirurgia plástica.

O presidente da SBCP-GO, Sérgio Augusto da Conceição, espera que a imersão contribua para acabar com a polêmica que hoje envolve a cirurgia plástica e a doutrina de obrigação de meios e de fins/resultado.

Programação: Imersão Jurídica em Cirurgia Plástica

8 às 8h10 – Abertura: Presidente da SBCP/GO, Sérgio Augusto da Conceição; presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás, Leonardo Mariano Reis, e presidente da Associação Médica de Goiás, Jose Umberto Vaz de Siqueira

8h10 às 8h30 – O Ativismo Jurídico Nacional
Advogado Carlos Michaelis Jr. (SP), assessor Jurídico da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) nacional

8h30 às 8h50 – Segurança Completa\ Médico e Paciente
Advogado Raul Canal (DF)

8h50 às 9h10 – Aplicação do Código de Defesa do Consumidor na Relação Médico\Paciente Juiz do Tribunal de Justiça de Goiás, Marcus da Costa Ferreira

9h10 às 9h30 – Moderação do debate pelo médico e advogado Dênis Calazans (SP)

9h30 às 10 horas – Coffee Break I – Visita aos Expositores

10 às 10h20 – Termo de Consentimento Informado
Advogado Humberto Cordella (SP)

10h20 às 10h40 – Por que a Cirurgia Plástica é considerada de Resultado e não de Meio \ Precauções entre Médico \ Paciente – Comportamento a Jurisprudência dos Tribunais Pátrios
Juiz do Tribunal de Justiça de Goiás, Wilson Safatle Faiad

10h40 às 11 horas – Visão do Colégio Brasileiro de Cirurgiões – GO

11 às 11h20 – Visão do presidente da SBCP-Nacional
Cirurgião Plástico Níveo Steffen

11h20 às 12 horas – Moderação do debate pelo assessor Jurídico da SBCP/GO, Carlos Márcio Rissi

12 às 12h30 – Coffee Break II – Visita aos Expositores.

12h30 às 12h50 – Conselho do Cremesp e CFM– Visão dos Conselheiros sobre Processos Éticos e na área da Cirurgia Plástica
Médico Ruy Tanigawa (SP)

12h50 às 13h10 – Responsabilidade Civil do Cirurgião Plástico
Desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná, Miguel Kfouri Neto

13h10 às 13h30 – Exercício da Medicina Judicializada
Denis Calazans Loma (SP)

13h30 às 14 horas – Debate: Responsabilidade Civil: Múltiplas Visões.
Promotor do Ministério Público do Estado de Goiás, Carlos Vinicius Alves Ribeiro

14 às 14h30 – Moderação/ Discussão aberta ao público
Carlos M. Michaelis Jr. (SP)

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Erica

Olá,bom dia eu já fiz três Cirurgias plásticas na mama direita por conta de uma complicação tive q retirar minha prótese,duas dessas Cirurgias eu paguei agora vou pra quarta Cirurgia e o Dr insisti em dizer que foi culpa minha do meu organismo mas já houve outros quatro casos com a mesma marca de prótese de novembro de 2017 até agora TDS deram rejeição e retiram tbm a prótese,meu problema é: tenho que pagar TDS essas Cirurgias? Sem falar no outro seio q tá horrível, caído e ele disse q vai arrumar foi assim que me falou … Tenho algumas… Leia mais