Europa endurece restrições para controlar pandemia

Com aumento de novos contágios no continente, a doença causada pelo coronavírus nas últimas semanas ocorre principalmente entre a população não vacinada

Foto: Reprodução

Países europeus enrijeceram novamente regras sanitárias para tentar controlar a pandemia de Covid-19. Com aumento de novos contágios no continente, a doença causada pelo coronavírus nas últimas semanas ocorre principalmente entre a população não vacinada. A Europa responde por mais da metade da média mundial de infecções na semana passada, de acordo com uma contagem da agência de notícias Reuters.

Na sexta-feira (12), o Centro Europeu de Controle de Doenças (ECDC), agência sanitária europeia, afirmou que dez países estão em situação “muito preocupante” e outros dez “preocupante”. 

A Alemanha registrou neste domingo, 14, mais 33 mil novos casos de coronavírus e ultrapassou a marca de 5 milhões de incidências desde o início da pandemia. Autoridades ainda evitam impor a vacinação obrigatória, mesmo em setores profissionais mais sensíveis. O número de pessoas que morreram por complicações associadas à Covid-19 na Alemanha é de 97,7 mil.

Em sua última avaliação de risco, o Centro Europeu de Controle de Doenças (ECDC) declarou que a situação epidemiológica no bloco europeu é de um rápido e significativo aumento dos casos e uma lenta baixa na taxa de mortalidade.

Com a progressiva alta dos contágios desde o início da temporada mais gelada no continente, o quadro deve sofrer alterações em breve. “Espera-se que os casos, hospitalizações e mortes aumentem durante as próximas duas semanas”, diz a agência.

Países onde a situação é muito preocupante:

  • Bélgica,
  • Polônia,
  • Holanda,
  • Bulgária,
  • Croácia,
  • República Tcheca,
  • Estônia,
  • Grécia,
  • Hungria e
  • Eslovênia.

Países onde a situação é preocupante:

  • Áustria,
  • Dinamarca,
  • Finlândia,
  • Alemanha,
  • Irlanda,
  • Letônia,
  • Lituânia,
  • Luxemburgo,
  • Romênia e
  • Eslováquia

Além de três países europeus que não fazem parte do bloco:

  • Noruega,
  • Islândia e
  • Liechtenstein.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.