Vereador apelou para que colegas tenham postura independente 

Vereador Eduardo Prado (PV) | Foto: Divulgação

Os vereadores da capital estão em sessão extraordinária nesta terça-feira, 15, para analisar 18 vetos do prefeito Iris Rezende (MDB) a projetos aprovados pela Câmara. Entre as vetos, um que permite o aumento do IPTU.

O vereador, que foi eleito deputado estadual, Eduardo Prado (PV) ,diz que fez questão de participar da votação. “Eu não poderia deixar de votar pra derrubar o veto do prefeito Iris Rezende. Observem a votação dos vereadores que nunca se sucumbiram para garantir cargos políticos. Se não tiver uma postura independente, pode se preparar que vocês vão ser enterrados politicamente. Cidadão hoje analisa o caráter do político. Dessa maneira já adianto que vou derrubar todos os vetos do prefeito, essa questão do IPTU é uma vergonha”, disse na tribuna.

Quórum

A votação chegou a ser dúvida no início da sessão já que é necessária a presença de pelo menos 18 vereadores. Somente por volta das 10h o quórum foi atingido.

Não compareceram a sessão os vereadores Clécio Alves (MDB), Anselmo Pereira (PSDB), Andrey Azeredo (MDB), Carlin Café (PPS), Elias Vaz (PSB), Izidio Alves (PR), Jorge Kajuru (PSB), Kleybe Morais (DC), Oséias Varão (DC), Sgt Novandir (PTN), Tiaozinho Porto (Pros), Vinícius Cerqueira (Pros), Wellington Peixoto (MDB), Zander (Patriota).