Estudo publicado na Science aponta governo Bolsonaro como responsável por erros no combate à pandemia

Pesquisadores apontam a promoção de remédios ineficazes pelo governo federal, além da falta de uma coordenação nacional, como grandes culpados por 358.718 mortes no país.

Jair Bolsonaro levanta caixa de cloroquina em direção a apoiadores | Foto: Reprodução de TV

Um artigo publicado na revista Science, uma das publicações científicas de maior relevo no mundo, indica a “inação do governo brasileiro” como responsável pelo agravamento na pandemia de Covid-19 no Brasil.

Os pesquisadores apontam a promoção de remédios ineficazes pelo governo federal, além da falta de uma coordenação nacional, como grandes culpados por 358.718 mortes no país.

A pesquisa foi conduzida por pesquisadores brasileiros e norte-americanos, que apontam “perigosa inação e irregularidades” do governo brasileiro, como a “promoção da cloroquina como tratamento”. Eles atribuem a essas medidas como geradoras do agravamento da pandemia no Brasil, com aceleração de mortes e colapso do sistema de saúde.

O artigo aponta que o Sistema Único de Saúde (SUS) poderia ter dado resposta eficaz à pandemia, mas faltou incentivo e ações imediatas, com negacionismo do governo.

“Sem uma estratégia naciona coordenada, as respostas locais variavam em forma, intensidade, duração e horários de início e fim, até certo ponto associadas a alinhamentos políticos. O país tem visto taxas de ataque muito altas e cargas desproporcionalmente maior entre os mais vulneráveis”, aponta o documento.

Segundo o artigo, se nada for feito, o Brasil deve enfrentar fom e miséria. “O fracasso em evitar essa nova rodada de propagação (…) isolará o Brasil como uma ameaça à segurança da saúde global e levará a uma crise humanitária completamente evitável”, pontuam.

Uma resposta para “Estudo publicado na Science aponta governo Bolsonaro como responsável por erros no combate à pandemia”

  1. Regis disse:

    Sem estratégia nacional? Há, então a culpa é do STF.
    Há os remédios não funcionam, então pq onde foi implementado o tratamento precoce com esses remédios a fila de UTI está zerada?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.