Estudo conclui que vacina reduz chance de internação em 90%

Instituto Emílio Ribas, em São Paulo, recebeu 1.172 pessoas com covid-19 em 2021. Dentre elas, 1.034 não estavam vacinadas

Vacina reduz em 90% chance de internação. | Foto: reprodução

O Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo, divulgou um estudo em que aponta diminuição de 90% na chance de internação para pessoas vacinadas. De acordo com a pesquisa, a cada dez internados no hospital, nove não tomaram o imunizante. Além disso, a probabilidade de morte nestes foi 14 vezes mais alta do que naqueles regularmente vacinados.

Em 2021, o hospital recebeu 1.172 pessoas diagnosticadas com Covid-19. Destas, 1.034 não estavam vacinadas e 138 tomaram ao menos a primeira dose. O levantamento reforça a necessidade de vacinação.

O Ministério da Saúde distribuiu doses extras ao estados para vacinar idosos, imunossuprimidos e profissionais da saúde com o reforço. O governo estima que cerca de 2 milhões de pessoas receberam a 3ª dose.

Na última quinta-feira (7), o Ministério da Saúde divulgou que o Brasil atingiu a marca de 60% da população adulta completamente vacinada contra Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.