Estudo aponta que Goiás teve maior avanço no Ideb do Ensino Médio na década

Estado também alcançou o melhor índice da rede estadual

Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

O Estudo Desafios da Gestão Estadual (DGE) 2018 aponta que Goiás possui o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), em maior avanço no ensino médio e o melhor índice da rede estadual. Em 2007, Goiás estava na 17ª posição com 3,1 no Ideb do Ensino Médio.

Várias ações foram realizadas no estado com foco na melhoria da qualidade do ensino e na gestão escolar, resultando em um Ideb de 4,3, alcançando a 2ª posição em 2017. No ranking do Ideb do Ensino Médio da rede estadual, Goiás está em primeiro lugar, em 2017. A rede estadual abrange 81,6% das matrículas desse nível de ensino.

Segundo o relatório do DGE, esse resultado se deve, principalmente, ao desempenho da rede estadual, equivalente a 81,6% das matrículas, que apresentou a melhor nota entre as UFs. O documento descreve que, “no início da década analisada, o estado de Goiás tinha uma rede desestruturada, onde cada região adotava um modelo pedagógico, o que dificultava o apoio da secretaria de educação na estruturação de material didático, no monitoramento do trabalho em sala de aula e na formação dos professores. Nesse contexto, com Ideb de 3,1 em 2007, o estado ocupava a 17ª posição entre as UFs”.

A mudança teria ocorrido a partir de um trabalho intenso do governo estadual e dos profissionais de educação para melhorar a gestão escolar e a qualidade do ensino.

O estudo aponta ainda os principais desafios para a próxima gestão que são: a continuidade do trabalho realizado; reforma do ensino médio, com ampliação do número de oferta de escolas em tempo integral; ampliação do número de vagas no entorno de Brasília e a oferta do ensino médio noturno; manutenção dos investimentos no quadro de pessoal, incluindo as escolas e a estrutura meio da Secretaria de Educação.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.