Estudantes de Goiânia realizam manifestação contra assédios escolares

Movimento surgiu após polêmica envolvendo o Colégio WR, que foi alvo de denúncias de machismo em publicação sobre o Dia da Mulher

Após grande repercussão de relatos de assédios praticados por professores de escolas particulares da capital, estudantes realizam “Manifestação Contra Assédios Escolares” nesta segunda-feira, 25, às 14h30, no Parque Vaca Brava, localizado no Setor Bueno. A organização do ato pede que as alunas não vistam uniformes das instituições para não sofrerem represálias.

As organizadoras afirmam que objetivo do ato é mostrar para os donos dos colégios e comunidade escolar que as alunas estão unidas contra o assédio e machismo, presentes no dia a dia das instituições. “Muitos assediadores usam o status de professor, para constrangerem ou intimidarem as alunas”, afirmou.

A movimentação das alunas começou após o Colégio WR postar uma homenagem em alusão ao Dia da Mulher em uma rede social. Várias alunas relataram casos de machismo dentro da escola e a publicação foi apagada. Em seguida outros colégios foram acusados de não tomarem medidas contra casos de assédio e constrangimento por parte dos docentes.

Após as denúncias serem feitas nas publicações de colégios, um perfil foi criado em uma rede social para acolher as alunas que passaram por situações semelhantes e divulgar denúncias de novos casos nas redes privada e pública de ensino.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.