Estudantes da área de saúde do DF antecipam formatura para atuarem no combate à pandemia

MP autoriza antecipação de colação de grau e mais de 180 universitários graduam antes do previsto

Foto: Reprodução.

O Ministério da Educação (MEC) autorizou a antecipação da formatura nos cursos de medicina, enfermagem, farmácia e fisioterapia. A decisão tem o intuito de reforçar o corpo de profissionais para atuar no combate à pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o Correio Braziliense, pelo menos 183 universitários foram contemplados com a MP. Os critérios para antecipação incluem que estudantes devem ter 75% ou mais da carga horária prevista para o período de internato médico ou estágio supervisionado.

Os contemplados pela medida deverão receber um o certificado pela participação no esforço de contenção da pandemia e acréscimo de 10% na nota final do processo de seleção pública para o ingresso nos programas de residência.

Alguns centros de ensino se recusaram a aderirem à MP, como a Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs) e Centro Universitário do Distrito Federal (UDF). A UNB ainda não realizou nenhuma formatura antecipada, mas tramita um processo para a colação de grau de oito estudantes de fisioterapia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.