Estudante agredido em protesto, Mateus Ferreira, anuncia pré-candidatura a vereador do PT em Goiânia

Mateus Ferreira foi agredido por PMs em manifestação de 2017 e chegou a ficar internado por 16 dias, além de ter precisado passar por cirurgias plásticas para reconstruir rosto

Mateus Ferreira da Silva: agredido pela Polícia Militar em Goiânia | Reprodução: Facebook.

O estudante de Ciência Sociais da Universidade Federal de Goiás (UFG), Mateus Ferreira, anunciou, pelo Twitter, a sua pré-candidatura à vereador por Goiânia, pelo Partido dos Trabalhadores (PT). O estudante tornou a intenção pública nesta quinta-feira, 9.

Mateus Ferreira foi brutalmente agredido por PMs em manifestação de 2017 e chegou a ficar internado por 16 dias, além de ter precisado passar por cirurgias plásticas para reconstruir o rosto.

“Acredito que é preciso uma mudança brusca, que quebre todos os atuais paradigmas dos mandatos, que precisam de fato se tornar populares. Imagine você que mesmo com todo o cansaço de um dia de trabalho infernal, o trabalhador da periferia ainda consegue tempo para participar da votação de um Big Brother, por exemplo. Esse mesmo trabalhador poderia estar gastando seu tempo interagindo de forma benéfica para ajudar a decidir sobre temas da cidade que o afetam” disse o estudante em entrevista para Revista Fórum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.