Estados Unidos deve facilitar liberação de visto de trabalho para motoristas de caminhão

Especialista explica formas de solicitação para brasileiros que querem trabalhar como caminhoneiros no país

A crise no setor de transportes provocada pela pandemia do Coronavírus (Covid-19) tem pressionado o governo dos Estados a facilitar a entrada de estrangeiros aptos a dirigir caminhões. O pedido de afrouxamento das regras e de aceleração na aprovação de vistos de trabalho reflete a demissão de mais de 60 mil caminhoneiros no país, além dos que já haviam abandonado as funções. A escassez de trabalhadores dispostos a dirigir caminhões se tornou tão severa, que se converteu em um problema político para o país.  

“A necessidade de motoristas de caminhão nos Estados Unidos existe, e isso pode ser visto em carretas nas estradas, onde estão sendo colocadas placas de ‘Estamos Contratando’ em suas traseiras”, conta o advogado especialista em direito internacional, Daniel Toledo. Segundo ele, grandes redes, como Amazon e Walmart são exemplos de empresas que foram afetadas pela escassez de mão de obra. O problema afeta, inclusive, o transporte de combustível. De acordo com Daniel, a Petroleum Marketing Group, uma distribuidora de combustíveis que opera mais de 1,3 mil postos de gasolina na costa leste dos Estados Unidos, entrou em “pé de guerra” com governadores, senadores e os departamentos de Transporte e Trabalho do governo federal norte-americano sob alegação de que. a escassez de motoristas pode resultar em falta de combustível e causar aumento no preço nas bombas.

Como toda crise gera oportunidade, o advogado indica que um visto EB-3 pode ser o ideal para caminhoneiros brasileiros que querem trabalhar nos EUA. Apesar da tendência a facilitação do ingresso legal no país, Daniel explica que é necessário atenção na hora de realizar a solicitação. Isso porque, existem duas modalidades de EB-3, a skilled e unskilled. Na primeira, o trabalhador precisa ter mais de dois anos de experiência atuando no segmento solicitado, mostrando capacidade para exercer a função. Por outro lado, o unskilled não exige experiência de trabalho, mas é primordial que a pessoa esteja fisicamente apta para efetuar as atividades laborais. 

O advogado alerta que, para trabalhar no país, o imigrante precisa, primeiramente, de uma carteira de motorista comercial. O processo para tirar a carteira comercial não é rápido, o que pode ser um empecilho para que a empresa finalize os transmites de contratação. Embora algumas companhias banquem todo esse processo, a solicitação pode levar tempo e sempre existe o risco de reprovação.

“Tenha em mente que essa não é uma habilitação convencional. O pedido de uma carteira de motorista comercial é trabalhoso, e em alguns casos a aprovação pode levar meses. Poucas empresas estão dispostas a esperar esse período, portanto, é importante iniciar todos esses processos estando extremamente preparado. É primordial ter uma reserva monetária enquanto aguarda a solicitação ser aprovada, não correndo assim, o risco com gastos imprevistos”, explica. O agendamento para solicitação de vistos para brasileiros pode ser feito no site da embaixada norte-americana.

Uma resposta para “Estados Unidos deve facilitar liberação de visto de trabalho para motoristas de caminhão”

  1. Avatar Debal de Oliveira Filho disse:

    Tenho interesse qual o primeiro passo a ser feito quem poderia me auxiliar com mais detalhes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.