Estados Unidos cancela relação com OMS

Do Jardim das Rosas da Casa Branca, Donald Trump ratificou suspensão do financiamento e alegou que organização se tornou “fantoche da China”

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump | Foto: reprodução.

Nesta sexta-feira, 29, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou que vai encerrar o relacionamento dos EUA com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Trump afirmou que a agência se tornou um fantoche da China, apesar do país destinar apenas 40 milhões de dólares por ano para entidade — em contrapartida, os EUA paga 450 milhões de dólares por ano.

O presidente estadunidense ratificou as ameaças de eliminar o financiamento para a OMS. De acordo com ele, as autoridades chinesas “ignoraram suas obrigações de comunicação” e pressionaram a organização a “enganar o mundo” quando o vírus foi descoberto.

“A China tem controle total sobre a Organização Mundial da Saúde, apesar de pagar apenas 40 milhões de dólares por ano, em comparação com os cerca de 450 milhões de dólares por ano que os Estados Unidos estão pagando. Nós detalhamos as reformas que ela deveria fazer e nos engajamos diretamente, mas eles se recusaram a agir”, declarou Trump.

“Como eles falharam em fazer as reformas solicitadas e muito necessárias, hoje encerraremos nosso relacionamento com a Organização Mundial da Saúde e redirecionaremos esses recursos para outros em todo o mundo” continuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.