Estado fará homenagem a Iris no dia em que ele completaria 88 anos

Intitulado “Tributo Iris Rezende: Mutirão, Vida e Memória”, o evento acontecerá no dia 22 de dezembro, data do aniversário do ex-governador; no Teatro Goiânia, e contará com a presença de familiares

Em meio às homenagens e aos projetos de lei de alteração do nome de ruas, avenidas e até mesmo do nome do Aeroporto Santa Genoveva para Iris Rezende Machado, a Secretaria de Cultura do Estado (Secult) também fará uma homenagem concreta ao ex-governador no próximo dia 22 de dezembro, no Teatro Goiânia, quando o emedebista completaria 88 anos.  Será o “Tributo Iris Rezende: Mutirão, Vida e Memória”, que acontecerá no Teatro Goiânia, às 19 horas, com a participação de familiares e lideranças políticas do Estado.

Na ocasião será apresentada uma exposição fotográfica com uma linha do tempo sobre a trajetória de vida de Iris Rezende, dos 62 anos de vida pública, desde o ingresso, até a morte dele, no início de novembro. Também estão previstas apresentações dos cantores goianos Maria Eugênia e Marcelo Barra.  

Segundo o Secretário de Cultura, César Augusto Sotkeviciene, o tributo será uma reverência à história e ao legado do ex-governador e da preservação da memória dele no Estado. “Iris tem importância histórica e, portanto, cultural por sua contribuição política e administrativa no desenvolvimento de Goiás”, comentou o secretário.  

Além das homenagens, a superintendente de Patrimônio Histórico, Cultural e Artístico, Tânia Mara Quinta Aguiar, que está organizando a mostra, lembra que o evento tem como pilar zelar por este acervo do qual o Iris também faz parte, como líder carismático, popular e que esteve durante 62 anos como protagonista direto no processo político do Estado e do País. “As tentativas de homenagear o ex-governador é pelo consenso desta importância, do legado que ele deixou”, acrescenta. 

Já confirmaram presença toda a família do ex-governador e o atual governador Ronaldo Caiado (Democratas) de quem Iris se aproximou nas eleições de 2014, quando concorreu ao governo com o Caiado na chapa como candidato ao Senado Federal. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.