Estado e Taurus chegam a acordo e armas da Polícia Civil serão substituídas

Serão 704 armas em substituição ao armamento adquirido em 2015 e que apresentou falhas. Entrega está prevista para ser feita em 90 dias

Estado poderá escolher entre os armamentos TH40 ou TH9| Foto: Divulgação

O Estado de Goiás, por meio da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), fez um acordo com a empresa Taurus S/A, fabricante de armas. A Taurus será responsável pela substituição de 704 armas utilizadas pela Polícia Civil de Goiás. 

O acordo foi feito após a PGE ter obtido decisão favorável ao Estado em ação civil pública. Por meio do acordo, homologado pela juíza da 4ª Vara da Fazenda Pública estadual, Zilmene Gomide da Silva Manzoli, a Taurus disponibilizou para o Estado de Goiás, para escolha, armamentos TH40 ou TH9, respectivamente, de calibres .40 ou 9 milímetros.

As armas que serão substituídas foram adquiridas em julho de 2015 e custaram R$ 1,323 milhão. Os recursos para a aquisição do armamento foram adquiridos por meio do Ministério da Justiça e contrapartidas do Estado de Goiás. Entretanto, as armas apresentaram mau funcionamento da trava de segurança, causando disparos involuntários e tendo como algumas das vítimas policiais militares de Goiás. 

Devido aos problemas envolvendo o armamento, a Taurus propôs aplicar um fator de depreciação no valor das armas, devido ao período de uso, o que possibilitaria ao Estado adquirir, com o crédito remanescente, apenas cerca de 500 unidades. Entretanto, após o acordo, a Taurus irá entregar à Polícia Civil, no prazo de 90 dias, o mesmo quantitativo de pistolas adquirido em 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.