Estado de saúde permanece grave e gêmeas siamesas respiram com ajuda de aparelhos

Funções respiratórias e cardíacas das recém-nascidas foram agravadas por pneumonia

Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

O último boletim divulgado pelo Hospital Materno Infantil (HMI) informou que o estado de saúde das gêmeas siamesas nascidas no dia 10 de dezembro permanece grave. As irmãs Anny Gabrielly e Anny Beattriz estão internadas Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal da unidade e seguem respirando com a ajuda de aparelhos.

As crianças nasceram com 37 semanas e são unidas pelo tórax e abdômen, compartilhando o fígado. As funções respiratórias e cardíacas das gêmeas foram agravadas por uma pneumonia, estão recebendo medicamentos para tratamento da doença.

As meninas são filhas de Jeiel dos Santos, de 25 anos, e Iara Pereira Dourado, de 24. O casal é da Bahia e veio para Goiás em busca de tratamento médico.

Deixe um comentário