Segundo Huapa, a paciente que foi esfaqueada e teve 70% do corpo queimado está internada na UTI corre risco de morte

O Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa) informou por meio de nota que o estado de Joseane Rodrigues Silva é gravíssimo e a paciente corre risco de morte. No momento, Joseane está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, sedada e respirando com ajuda de aparelhos.

A mulher deu entrada na unidade na noite da última sexta-feira (3/4) após ter sido esfaqueada e ter 70% do seu corpo queimado. A jovem foi foi atacada dentro de casa e afirmou saber quem eram os responsáveis pelo crime. Ela garantiu ainda que não foi o marido quem a agrediu, como foi afirmado pela Polícia Militar (PM) inicialmente.

A PM deteve um suspeito do crime e o encaminhou ao 1º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia. Segundo a delegacia, informações sobre o inquérito só serão passadas na próxima segunda-feira (6/4).