Médium foi preso acusado de abusar sexualmente de diversas mulheres 

Foto: Reprodução

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou, nesta segunda-feira, 7, que o a situação de saúde do médium João de Deus , acusado de abuso sexual, é estável.

De acordo com o a DGAP, ele encontra-se assistido pela equipe de saúde do Núcleo de Custódia, unidade prisional onde cumpre pena, localizado no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

Segundo boletim médico do final da manhã desta segunda, apresenta um bom estado clínico, consciente, calmo, com funções fisiológicas preservadas e com uso adequado das medicações prescritas.