Estado de saúde de advogado ferido após explosão de bomba é regular

Hospital de Urgência de Goiânia (Hugo) foi orientado a não dar detalhes sobre caso 

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

É regular o estado de saúde do advogado Walmir Oliveira da Cunha, gravemente ferido após explosão de uma bomba em seu escritório de advocacia, em Goiânia.

“Paciente orientado, consciente, respirando de forma espontânea e internado em um leito de enfermaria”, informa boletim médico divulgada neste sábado (16) pela equipe de comunicação do Hospital de Urgência de Goiânia (Hugo).

Ao Jornal Opção, a assessoria da unidade de Saúde informou que foi orientada a não dar detalhes sobre o caso. Até onde se sabe, com base em informações não oficiais, Walmir pode estar com ambas as mãos comprometidas.

O caso aconteceu na tarde desta sexta-feira (15/7), quando um mototaxista entregou uma encomenda destinada a Walmir. Segundo informações da Polícia Militar, o mototaxista chegou no escritório, tocou a campainha e disse que tinha uma encomenda para Walmir. A secretária chamou o advogado e pegou a caixa.

Quando o advogado abriu, percebeu que era uma caixa de uísque. Ao abrir o lacre, ouviu alguns bipes e percebeu que se tratava de uma bomba, tentou sair do escritório e nesse momento houve a explosão.

Ainda não há informações sobre motivação ou autoria do crime. Em entrevista à imprensa, o tenente do Batalhão de Operações Especiais (Bope) de Goiás Luiz André de Oliveira confirmou que o atentado tinha como alvo o advogado.

Deixe um comentário