Estado de Oklahoma voltará a executar presos com injeções letais 

Segundo autoridades locais, Estado já possui acesso às drogas necessárias para realização do procedimento

O Estado de Oklahoma (EUA) anunciou, na última quinta-feira, 13, que voltará a executar presidiários condenados à morte com injeções letais. Segundo as autoridades locais, o Estado já possui acesso às drogas necessárias para realização do procedimento.

Vale lembrar que as execução por injeções letais em Oklahoma estavam suspensas desde o ano de 2015 após uma sequência de erros nas aplicações. O prazo para início da retomada das execuções é de 150 dias.

De acordo com informações divulgadas pelo “Death Penalty Information Center”, 49 presos estavam no corredor da morte em dezembro do ano passado. Oklahoma registra, ainda, o terceiro maior número de execuções nos Estados Unidos.

Vale destacar que no ano de 2015 o estado aprovou o uso de nitrogênio gasoso nas execuções, no entanto, apesar de aprovado, a pretensão não chegou a ser efetivada. Outros 28 estados americanos também preveem a pena de morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.