Estabelecimentos da 44 adotam novos protocolos sanitários

Mesmo sem data para reabertura, shoppings e galerias do polo de confecção e moda se adequam para retomada do comércio

Araguaia Shopping | Foto: Reprodução

O comércio na Região da 44, em Goiânia, continua fechado ao público. As atividades estão suspensas desde o dia 19 de março, quando foi publicado o primeiro decreto do governo do estado estabelecendo medidas de isolamento social para combate e controle da pandemia da Covid-19. Porém, neste período de fechamento shoppings, galerias e hotéis do polo comercial, o segundo maior do Brasil em distribuição de moda, já estão se adequando para uma retomada de forma segura.

Entre as medidas sanitárias adotadas estão: tapetes com ação desinfetante, instalação de mais dispersores de álcool em gel, fornecimento de máscaras para todos colaboradores dos empreendimentos e lojistas e medidores de temperatura infravermelho.

“Estamos na expectativa para a avaliação por parte da prefeitura dessas medidas que sugerimos, e que são baseadas em orientações amplamente preconizadas pela OMS [Organização Mundial Social] e o Ministério da Saúde, para uma reabertura segura a todos. Mas sabemos que reabrindo hoje, amanhã ou semana  que vem, essas ações preventivas farão parte da rotina da região. Por isso os empreendimentos da 44 já estão preparados para voltar ao trabalho de forma totalmente responsável”, afirma Jairo Gomes, presidente da Associação Empresarial da Região da 44 (AER44).

Máscaras

Os empreendimentos Mega Moda Shopping e Mega Moda Park já adotaram protocolos sanitários mais rigorosos como instalação dos tapetes higienizadores, ampliação dos pontos com dispenser de álcool gel e outras medidas. Além disso, eles iniciaram a produção de mais de cinco mil máscaras que serão distribuídas gratuitamente para lojistas, clientes e colaboradores.

As máscaras começaram a ser produzidas na semana passada por cinco costureiras no Clube de Costura do Mega Moda Shopping, duas delas são voluntárias do projeto “Mais um sem dor”, promovido pelo Ministério Público do Trabalho em Goiás (MPT-GO) em parceria com a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). As peças são confeccionadas por tecidos doados pelas lojas Amarelo Mix, Salvatore, Clariô, Gesú Moda Evangélica, Laura Ferreira Moda Feminina.

Informação

Além da ampliação dos protocolos sanitários já citados anteriormente, o Araguaia Shopping, que também abriga o Terminal Rodoviário de Goiânia, investiu muito em informação. A administração  implantou em pontos estratégicos totens com dispersores de álcool em gel e orientações sobre prevenção  e sintomas da Covid-19.

Como abriga a rodoviária, o centro de compras recebeu medidas diferenciadas, além do aumento dos pontos com dispensers de álcool gel, foram implantadas barreiras restringindo o acesso às plataformas de embarque, permitindo somente o acesso de passageiros com bilhete de passagens, para evitar a aglomerações. “Observando a preocupação não só dos nossos clientes como da população em geral com esse novo vírus, a administração do complexo resolveu adotar essas medidas a fim de tranquilizar, informar e transmitir mais segurança aos nossos usuários”, afirma superintendente do Araguaia Shopping, Fábio Leal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.