Esposa flagra jogador do Flamengo com duas prostitutas dentro de sua própria casa e o surra

O lateral colombiano Armero machuca-se com facilidade dentro de campo e também apanha em casa, segundo o jornalista Leo Dias

Armero jogador 09_pabloarmero_leodias

Colombiano Armero com sua família oficial

O bem informado e polêmico Leo Dias, colunista do jornal “O Dia”, do Rio de Janeiro, publicou no sábado, 10, a informação de que o colombiano Armero, lateral do Flamengo, “levou duas prostitutas para sua casa, no condomínio Riserva Uno, na Barra”. O repórter ainda faz um reparo: “A coluna não tem nada com isso, mas não é um erro primário fazer sexo com outras mulheres dentro da casa onde vive com a família?”

A mulher apareceu de repente, com os filhos e seu pai, e, segundo Léo Dias, “o pau quebrou. O craque apanhou feio da mulher e do sogro. A confusão só acabou quando os vizinhos começaram a berrar dizendo que ali não era favela”.

A família não registrou ocorrência, embora a polícia tenha aparecido para verificar o escândalo. A assessoria de imprensa do Flamengo não quis comentar o assunto, alegando que não se envolve na vida pessoal dos atletas.

“A diretoria do Flamengo analisa, neste momento, o contrato de Pablo, para ver se existe alguma cláusula que, em caso como este, preveja rescisão. ‘Vamos avaliar internamente o que fazer’, diz o clube”, anota Leo Dias. “Armero teve uma lesão de ruptura de um músculo da coxa e, por isso, não deve entrar em campo mais este ano. Desde abril, esta é a terceira lesão do craque. O lateral também joga pela seleção colombiana. Graças a Deus, ainda existem colombianos para manterem os bons barracos tão raros nos dias de hoje.”

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Toni Louzado

Apanhar de mulher é foda hein Armero…Também vai levar meretrizes pra própria casa! O que acontece na rua fica na rua! kkkkkkkkk

Carla Aguiar

O pior é ver que o adultério foi tratado como caso normal… À polêmica está em ter levado pra casa e ter apanhado… Definitivamente não sou deste mundo!!!