Esponja polêmica do BBB é alvo de investigação do MPF

Ministério Público apura caso de racismo no reality show da TV Globo. Programa usou um boneco de estética negra como esponja de lavar louças

Reprodução

Divulgação

O Ministério Público Federal do Rio de Janeiro (MPF-RJ) anunciou, nesta quarta-feira (3/2), a abertura de um procedimento preparatório para apurar possível prática de discriminação racial no reality show da TV Globo, Big Brother Brasil (BBB). O programa utilizou um boneco de estática negra como esponja de lavar louças, o que foi alvo de revolta nas redes sociais.

Conforme o órgão ministerial, diversas representações contra a rede de televisão foram recebidas na Seção de Atendimento ao Cidadão sob a alegação de que o objeto reforçaria um estigma de comparação entre o cabelo crespo e uma esponja de aço. Segundo as denúncias, o boneco contribui para ofender a imagem da população negra no País.

Em nota, o MPF-RJ destacou, ainda, que, mesmo diante da forte repercussão popular contra o utensílio, a Rede Globo se manifestou publicamente afirmando não ter a intenção de retirá-lo. Agora, a empresa terá que prestar esclarecimentos à Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão no Rio de Janeiro, sob pena de possíveis sanções. (Com informações do MPF-RJ)

Uma resposta para “Esponja polêmica do BBB é alvo de investigação do MPF”

  1. Avatar Epaminondas disse:

    Eu tenho uma solução perfeita para não ser insultado por uma esponja de lavar vasilhas: Não assistir programas de TV aonde elas são utilizadas.

    Mas nossa sociedade patrulhadora tem olhos em todos os lados, procurando cada pêlo em ovo, para proteger outras pessoas do que elas julgam se tratar de uma ameaça.

    Dizem que as pessoas que ficam procurando chifre em cabeça de cavalo, falta-lhes uma pia de vasilha para lavar. Olha só o que deu.

    A Rede Globo vai emitir um comunicado prometendo trocar a figura black power por um skinhead. Lavar vasilha com uma bolha de bilhar vai ser mais difícil, mas salvaremos nossa sociedade do preconceito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.