Escolas de Pequim suspendem atividades ao ar livre por causa da poluição

Principal poluidor no mundo, a China anunciou na última semana intenção de reduzir em 60% as emissões dos “principais poluentes” das suas fábricas de carvão até 2020

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

As escolas em Pequim terão as atividades ao ar livre suspensas por três dias devido a novos picos de poluição atmosférica, anunciaram os meios de comunicação oficiais.

“Os jardins de infância, escolas primárias e estabelecimentos de ensino secundário deverão suspender as suas atividades ao ar livre de segunda a quarta-feira” devido a um novo alerta emitido pelas autoridades, informou a agência de notícias Nova China, citando o departamento municipal de educação.

Com as temperaturas em queda, por volta de zero grau, Pequim começou a semana com um denso nevoeiro branco, impregnado com um odor forte de carvão, que limitava a visibilidade.

A densidade de partículas de 2,5 mícrons de diâmetro, perigosas para a saúde, entre segunda e terça-feira, tinha alcançado mais de 600 microgramas por metro cúbico, de acordo com os níveis de referência medidos pela embaixada dos Estados Unidos em Pequim. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda um limite médio de apenas 25 microgramas em vinte e quatro horas.

Principal país poluidor no mundo, a China anunciou na quarta-feira a intenção de reduzir em 60% as emissões dos “principais poluentes” das suas fábricas de carvão até 2020, modernizando as estruturas.

A informação foi divulgada durante a Conferência das Partes das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP21), em Paris.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.