Erro operacional causou acidente aéreo com Daniel Vilela

Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) investigará o caso

Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

A assessoria do candidato ao governo de Goiás Daniel Vilela (MDB) afirmou, por meio de nota, que um erro operacional causou o acidente envolvendo a aeronave que transportava o emedebista e comitiva, na manhã desta quinta-feira (6/9).

“Houve um erro operacional na aproximação para pouso e o trem de pouso da aeronave arrendada pela campanha, um Beechcraft 100 King Air prefixo PT-LJN, colidiu com uma cerca próxima da pista. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) investigará o caso, como de praxe”, informa a nota. Confira na íntegra:

A aeronave que levava a comitiva liderada pelo candidato a governador de Goiás Daniel Vilela (MDB) sofreu uma intercorrência durante pouso em Itapaci, no Vale do São Patrício, na manhã desta quinta-feira (6). Não há feridos.

Houve um erro operacional na aproximação para pouso e o trem de pouso da aeronave arrendada pela campanha, um Beechcraft 100 King Air prefixo PT-LJN, colidiu com uma cerca próxima da pista. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) investigará o caso, como de praxe.

Estavam no voo, além de Daniel Vilela, os deputados e candidatos à reeleição Bruno Peixoto (MDB), Waguinho Siqueira (MDB), o deputado federal e coordenador da campanha, Pedro Chaves (MDB), três integrantes da equipe de Daniel Vilela, o piloto e o co-piloto.

Daniel Vilela divulgou vídeo logo após a intercorrência relatando que todos passam bem e a agenda de campanha segue normalmente com carreatas pelos municípios de Itapaci, Uruaçu, Mara Rosa, Niquelândia e Jaraguá.

Assessoria de Comunicação – Coligação Novas Ideias, Novo Goiás (MDB, PP, PRB e PHS)

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.