Equipes vencedoras do Hackatona Let’s GO são premiadas

Os três grupos que ganharam o evento Líderes Empreendedores e Talentos a Serviço de Goiás participaram de solenidade no Palácio das Esmeraldas

Governador Marconi Perillo e secretário Thiago Peixoto entregaram os prêmios aos vencedores | Foto: Segplan

Governador Marconi Perillo e secretário Thiago Peixoto entregaram os prêmios aos vencedores | Foto: Segplan

O vencedores do Líderes Empreendedores e Talentos a Serviço de Goiás (Hackatona Let´s GO) foram premiados na tarde desta quarta-feira (23/12) no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia. O governador Marconi Perillo (PSDB) e o secretário estadual de Gestão e Planejamento (Segplan) Thiago Peixoto entregaram os prêmios às três equipes vencedoras durante a solenidade.

A grande vencedora do Hackatona Let´s GO foi a startup EmpreendeGO, formada pelos estudantes Gustavo Martins, Renata Alves, Milton Benevides e Tiago Rodrigues. Eles são coordenados pelo tutor Alexandre Andrade e tem foco no empreendedorismo.

De acordo com a Segplan, a iniciativa contribui com a instalação de empresas no Estado ao fornecer dados socioeconômicos que facilitam a vida dos empreendedores.

As startups vencedoras da Hackatona Let´s Go ganham direito a participar por seis meses da incubadora da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO). O projeto dá a oportunidade para que os grupos possam desenvolver sua propostas no mercado.

Para isso, serão destinadas quatro bolsas para o curso de Empretec, realizado pelo Sebrae, além de outras quatro para o curso de capacitação das Faculdades Alfa. Ainda há a premiação com vouchers de 30 dias na plataforma Azure, da Microsoft.

“É muito bom quando o poder público assume suas dificuldades e chama a sociedade para buscar soluções”, afirmou Thiago Peixoto, que parabenizou as equipes que participaram da maratona de empreendedorismo.

Segundo o secretário, os grupos contribuíram muito com a apresentação de novas ideias. Thiago informou que em março de 2016 será realizada uma nova edição da Hackatona em Goiânia, além da criação de uma rede contributiva que Goiás avance na transparência pública.

Marconi anunciou que nós próximos três anos 50% dos serviços prestados pelo Estado serão feitos pela internet. “Daí a importância de ideias como as que surgiram no evento promovido pela Segplan, com apoio da CGE (Controladoria Geral do Estado) e SED (Secretaria de Desenvolvimento)”, afirmou.

Outros vencedores

A segunda colocação na Hackatona ficou com a startup LiCidadão, que tem como objetivo principal tornar as licitações do governo mais transparentes, permitindo ao cidadão fazer comparação com o preço de mercado. Assim, a sociedade pode cobrar e o governo se justificar.

Os estudantes Pedro Braz, Jordana Mendonça, André Tomazetti, IsraelBuzaym eRouden Lima, tutorados por Thiago Zaiden, terão a oportunidade de avançar com o projeto da LiCidadão na incubadora da Universidade Federal de Goiás (UFG) por seis meses. Eles ganharam também duas bolsas do curso de Empretec e quatro vouchers de 30 dias para a plataforma Azure.

Os vencedores do terceiro lugar da Hackatona, Luciano Jandrey, Adriana Rodovalho, Raulian Vieira e Rodrigo Seixas, tendo como tutor Laércio José, desenvolveram a startup MedGO. A proposta é otimizar o acesso à saúde pública, equilibrando a demanda das unidades de saúde ao encaminhar o cidadão ao posto de atendimento mais próximo e com o menor tempo de espera.

Prêmio

Eles também terão a oportunidade de deixar a MedGO na incubadora Aldeia Anhanguera, por seis meses, e ainda participar do curso Empretec e direito a três vouchers de 30 dias para a plataforma Azure, informou a Segplan.

Na Hackatona Let´s GO, sete grupos apresentaram ideias inovadoras que podem aproximar governo e sociedade, contribuindo também para tornar o Estado ainda mais transparente. Entre as ideias apresentadas, estão portais e aplicativos que facilitam o acesso do cidadão a dados de licitações, de saúde e educação. A Hackatona foi realizada entre os dias 11 e 15 de dezembro, em Goiânia. (com informações da Segplan)

Deixe um comentário