Equipe econômica do governo enviará ao Congresso proposta de reforma tributária, assistência social e nova versão do pacto federativo

Junção de pautas acontece para que parlamentares tenham maior compreensão do planejamento econômico proposto. Fonte afirmou que governo quer “apresentar, de uma só vez, o saco de bondade e o saco de ajustes”

Congresso Nacional | Foto: Luiz Phillipe Araújo/Jornal Opção

Paulo Guedes se reúne com parlamentares nesta terça-feira, 11, para discutir a reforma tributária. Com o intuito de tornar a discussão sobre o tema mais “palatável” no Congresso, a equipe econômica do governo federal pretende enviar, aos parlamentares, a proposta de reforma tributária junto com políticas de assistência social.

De acordo com a apuração de Daniela Lima e Renata Agostini, da CNN, a equipe econômica pretende enviar um condensado de, no máximo, dois textos, com propostas de reforma tributária, assistência social e nova versão do pacto federativo.

Uma fonte das jornalistas afirmou que o governo quer “apresentar, de uma só vez, o saco de bondade e o saco de ajustes”.

Digerir a agenda

A ideia inicial dividir a reforma tributária em 4 fases, mas agora a equipe concluiu que ao enviar propostas completas, o desenho da proposta econômica do governo fica completo e deputados e senadores podem digerir a agenda com mais facilidade.

Sobre o pacto federativo, a equipe de Guedes refez as contas e disse que o governo não pode efetivar repasse de R$ 400 bilhões de recursos, que iriam direto para os estados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.