Equipe de transição solicita documentação à prefeitura de Senador Canedo

Prefeito eleito diz que o trabalho tem sido “extremamente tranquilo”

Prefeito eleito de Senador Canedo, Fernando Pellozo | Foto: Reprodução

O prefeito eleito de Senador Canedo, Fernando Pellozo (PSD), falou ao Jornal Opção sobre os trabalhos de transição de governo na prefeitura. Segundo ele, uma equipe formada por seis pessoas conduz o processo. O atual prefeito, Divino Lemes (Pode), indicou três nomes, enquanto os outros três foram escolhidos por Pellozo.

Na primeira reunião, realizada na última quinta-feira, 26 de novembro, foram solicitados documentos à atual gestão. A ideia é entender qual é a situação da prefeitura e organizar as primeiras ações. De acordo com Pellozo, não houve resistência e o clima é de “total colaboração” até o momento.

Os papéis devem ser entregues na reunião desta quinta-feira, 3. “Pedimos uma série de documentos para saber o que precisa ser pago, as dívidas, empréstimos, recursos da Covid-19”, cita Fernando, ao frisar que o objetivo é fazer uma transição tranquila e com total transparência.

Apesar de ainda não ter tido acesso aos detalhes a respeito das contas públicas, o próximo prefeito tem um posicionamento em relação a empréstimos. “Não queremos ter acesso a recursos que signifiquem dívidas para Senador Canedo. A cidade tem recursos para tocar as obras”, observou.

Caso alguma negociação nesse sentido esteja em andamento, Pellozo não descarta pedir ao atual gestor que não dê andamento. “Não estamos falando de transferência de recursos federais, mas de endividamento que é algo que precisamos evitar”, ponderou.  “Vamos administrar a cidade em um período pós-pandemia, é preciso ter responsabilidade com as contas”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.