Entidade defende regulamentação do lobby

“Regulamentação contribuirá para uma atividade cada vez mais técnica, especializada, ética e transparente”, diz Abrig

A presidente Abrig, Carolina Venuto

O presidente Jair Bolsonaro, enviou ao Congresso Nacional projeto de lei que regulamenta o lobby no País. Essa sempre foi uma das principais lutas da Associação Brasileira de Relações Governamentais e Institucionais (Abrig). “É um marco importante para a atividade de relações institucionais e governamentais”, afirmou a presidente Abrig, Carolina Venuto.

“Mesmo que a íntegra do projeto ainda não tenha sido divulgada, a regulamentação é a chance de separar quem trabalha com seriedade e escantear quem ainda tenta se esgueirar pelas sombras em busca de vantagem indevida, cometendo crime”, explicou Carolina. “Agora vamos trabalhar com o Congresso para que o assunto seja conduzido de forma tranquila e o melhor texto seja aprovado o quanto antes”, finaliza Carolina

A implementação de políticas públicas eficientes e também para a democracia é atestada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que recomenda a todos os países a adoção de “leis de lobby” ajustadas às condições de cada sistema político e constitucional.

Em 2021, completa-se 30 anos da aprovação pelo Senado do projeto original de regulamentação da atividade do lobby, de autoria do então senador Marco Maciel. Enviado à Câmara, nunca foi votado, mas produziu dezenas de propostas similares ou complementares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.