Entenda como vai funcionar o plano nacional de imunização

Idosos que vivem em instituições de longa permanência, profissionais de saúde e indígenas receberão doses na primeira fase

Foto: Reprodução

A vacinação contra a Covid-19 será iniciada nesta segunda-feira, 18, a partir das 17h, em todo o país. São 6 milhões de doses da Coronavac distribuídas para todos os estados brasileiros. Os lotes de Goiás foram os primeiros a embarcar em uma aeronave com destino ao Estado.

A vacinação seguirá o plano nacional de imunização do Ministério da Saúde, que foi divulgado no mês passado. Veja como serão divididas as fases de imunização:

Primeira fase: trabalhadores da saúde, pessoas com mais de 75 anos, indivíduos acima dos 60 anos que vivem em instituições de longa permanência (asilos e hospitais psiquiátricos) população indígena e comunidades tradicionais ribeirinhas.

Segunda fase: pessoas de 60 a 74 anos.

Terceira fase: pessoas com comorbidades que representam risco para agravamento da covid-19 (como portadores de problemas cardiovasculares, pulmonares e renais).

Quarta fase (Prioritário): professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional, quilombolas, pessoas em situação de rua, pessoas com deficiência e população privada de liberdade.

Não prioritário: menores de 60 anos que não estão em situação de vulnerabilidade e sem comorbidades.

Até o momento a previsão é de que a primeira fase, que começa nesta segunda, alcance 14,8 milhões de pessoas. A segunda fase deve começar no terceiro mês após o início da vacinação e deve atingir 22,1 milhões.

Já a terceira fase deve ser realizada nos 12 meses seguintes, chagando ao número de 10 milhões de imunizados. Por fim, as vacinas serão distribuídas a cerca de 120 milhões de brasileiros que compõem o grupo não prioritário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.