Cristiano de Magalhães é o novo diretor do Samu

Cirurgião geral e proctologista assume a diretoria do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência em meio a denúncias de fraude no encaminhamento de pacientes a UTIs

O secretário de Saúde de Goiânia, Fernando Machado (PMDB), definiu nesta segunda-feira (27/6) o nome do diretor interino do Samu da capital. O médico cirurgião geral e proctologista Cristiano de Magalhães assume o comando da corporação em meio a denúncias de fraude pelo Ministério Público de Goiás (MPGO).

O então diretor Carlos Henrique Duarte Bahia foi um dos 21 presos, no último dia 21 de junho, durante a deflagração da Operação SOS Samu. Ação do do órgão ministerial investiga um esquema de propina com participação da corporação.

Ele e os outros servidores, dentre médicos, enfermeiros, motoristas e técnicos de enfermagem, são acusados de direcionar pacientes atendidos pelo Atendimento de Urgência, que possuíssem planos de saúde, a determinadas Unidades de Terapia Intensiva, fraudando a respectiva regulação do acesso aos leitos de UTI.

Em reunião nesta segunda-feira (27/6), na sede do Ministério Público de Goiás (MPGO), o secretário Fernando Machado reforçou que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) está disposta a colaborar com as investigações. Ele acrescentou que a Procuradoria, a Corregedoria e a Controladoria do Município também poderão fornecer informações necessárias à apuração de irregularidades pela operação.

Na ocasião, o secretário também ressaltou as providências tomadas pelo município para apurar as irregularidades no serviço prestado pelo Samu, como a abertura de sindicância e o afastamento dos 23 servidores da corporação acusados de envolvimento com o esquema de propina.

*A matéria foi atualizada às 14h de quarta-feira (29/6) para mudança de informação. Anteriormente, o secretário de Saúde havia informado à reportagem que o quem assumiria a diretoria do Samu na capital seria o enfermeiro Kleyton Melo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.