Energia cai na Assembleia e deputados ironizam prestação de serviço da Enel

“Vamos aplaudir essa empresa que presta tanto serviço a Goiás”, tripudiou Karlos Cabral

Em meio à sessão da Comissão de Tributação, Finanças e Orçamento desta quinta-feira, 12, presidida pelo deputado estadual Karlos Cabral (PDT), a discussão sobre o relatório da Lei Orçamentária Anual (LOA) foi interrompida brevemente por uma queda de energia.

A interrupção ocorreu durante a fala do deputado Henrique Arantes (MDB), que preside a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Enel. Karlos Cabral aproveitou o inusitado para pedir uma salva de palmas à Enel. “Vamos aplaudir essa empresa que presta tanto serviço a Goiás”, ironizou.

No início da sessão ordinária, a deputada Adriana Accorsi (PT) ressaltou que os gabinetes da lideranças estavam sem energia e pediu prazo para a apresentação de projetos e emendas.

Nesta quinta-feira, 12, os parlamentares devem votar, em segundo turno, o projeto que prevê a rescisão do contrato de venda da Celg D, ou seja, a encampação da Enel, que foi aprovado com unanimidade em primeira votação na quarta-feira, 11.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.