Objetivo é garantir maior eficiência no atendimento e rapidez na resposta às ocorrências

O período de chuvoso, com ventos fortes e grande incidência de queda de árvores e galhos sobre a rede, é sempre um problema para o sistema elétrico. Com o intuito de garantir maior eficiência no atendimento e rapidez na resposta às ocorrências, a Enel Distribuição Goiás anunciou nesta-quarta-feira, 14, a criação do Plano Verão, que contém um conjunto de ações e procedimentos envolvendo todas as áreas da companhia.

“Esse Plano é resultado de meses de trabalho, período no qual buscamos identificar e ajustar as falhas nos diferentes processos que envolvem o serviço de distribuição de energia. Desenhamos diferentes cenários e fizemos exercícios simulados envolvendo todas as áreas, com o objetivo de garantir que sejamos efetivos e rápidos em momentos de grande contingência”, explicou o responsável de Operações e Manutenção, José Januário de Oliveira Neto. 

Oliveira Neto destacou ainda que, como parte do Plano Verão, foram estabelecidas ações preventivas, como mutirões de poda e manutenção e reuniões com mais de 90 prefeituras e autoridades do poder público, para escutar as demandas dos municípios e propor soluções.

“Isso não quer dizer que não teremos problemas, pois a rede elétrica goiana é extensa, ainda está passando por modernização e está sujeita à ação climática. Uma chuva com ventos fortes, por exemplo, pode gerar a ruptura de cabos ou a queda de árvores sobre a rede. Os raios também são outro fator agravante. Mas com o Plano Verão, teremos muito mais capacidade de resposta do que tínhamos antigamente, pois estamos melhor estruturados e treinados para responder com rapidez”, disse Januário. 

O representante a Enel apontou que o resultado alcançado nas primeiras chuvas deste mês foi extremamente positivo. “Alcançamos números inéditos, atendemos cerca de 5 mil ocorrências em 48h, resultado de muito planejamento, automação da rede e reforço das equipes”, ressaltou.