Encampação da Enel é aprovada na Comissão Mista

Texto teve aval unânime dos integrantes do colegiado. Matéria prevê rescisão do contrato de venda da Celg D à empresa italiana

Em reunião da Comissão Mista da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), os deputados aprovaram com unanimidade o projeto de Lei dos deputados Bruno Peixoto (MDB) e Lissauer Vieira (PSB), que prevê a encampação da Enel, isto é, a rescisão do contrato de venda da Celg D à empresa italiana.

A matéria foi apresentada pelos parlamentares na Casa na semana passada. A tendência é que ela seja aprovada pela maioria dos deputados nas próximas votações, já que o discurso dos integrantes do Legislativo tem cada vez mais endurecido contra a companhia.

O presidente da Assembleia, Lissauer Vieira (PSB), destacou que, para ele, o serviço prestado pela empresa em Goiás é o pior do Brasil. Álvaro Guimarães (DEM) disse que, já que diálogos não têm adiantado, o jeito será “chamar o Papa” para resolver. O endurecimento do discurso ganhou força com nota da Enel, em que responsabiliza autores do projeto por possíveis prejuízos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.