Empresários poderão apresentar contraproposta antes de apreciação, diz relator da Lei de Incentivos Fiscais

Primeira votação está marcada para a próxima terça-feira (4/12)

Relator da Lei de Convalidação dos Incentivos Fiscais, o deputado Lívio Luciano (PODE), que apresentou relatório à Assembleia na quarta-feira (28/11), disse ao Jornal Opção que vai dar tempo da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial) apresentar a contraproposta antes da primeira votação da matéria.

Segundo Luciano, a primeira apreciação está marcada para terça-feira (4/12), prazo limite para apresentação de emendas. A segunda votação deve ocorrer na quarta-feira (5/12), de acordo com o relator. Nesta quinta-feira (29/11), o projeto tramita na Comissão Mista.

Luciano disse, ainda, que o governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) chega no fim de semana e está marcada para segunda-feira (3/12) outro encontro com a Adial para que os empresários possam entregar sua contraproposta aos cortes sugeridos pelo governador eleito.

Entenda

O governador José Eliton (PSDB) enviou, no dia 13 de novmebro, projeto para convalidação dos incentivos fiscais do Estado à Assembleia. Desde então ele é analisado pelo relator Lívio Luciano, que, na quarta-feira (28/11), emitiu relatório sugerindo cortes em 14 segmentos da indústria.

A proposta de cortes já havia sido apresentada aos empresários ligados à Adial pelo governador eleito Ronaldo Caiado (DEM), sob o pretexto de que os subsídios não condiziam com a realidade financeira de Goiás. Os empresários ficaram, então, de apresentar uma contraproposta, ficando acordado que o relatório só seria votado após essa entrega.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.